Notícias

Esportes

Saúde

Palavra do Senhor

Am 8:8

"Por causa disto não extremecerá a terra, e não chorará todo aquele que nela habita? Certamente levantar-se-á toda ela como o grande rio, e será agitada, e baixará como o rio do Egito. "


Is 49:11

"E farei de todos os meus montes um caminho; e as minhas estradas serão levantadas. "


Dt 31:2

"E disse-lhes: Da idade de cento e vinte anos sou eu hoje; já não poderei mais sair e entrar; além disto o SENHOR me disse: Não passarás o Jordão. "



by Estudo Bíblico

SJC: Preço do genérico varia mais de 800%

O preço do remédio varia até 811,11% em São José dos Campos, segundo pesquisa feita pela Fundação Procon em 12 cidades do interior e na capital. O resultado colocou a maior cidade da região na segunda colocação do ranking das maiores diferenças em preços de remédios no interior, perdendo apenas para Campinas, que registrou abismo de 1.207% no valor de um mesmo medicamento.

Em São José, foram investigados preços de 68 medicamentos, sendo a metade deles de remédios genéricos. Os agentes da Fundação Procon visitaram nove drogarias na cidade.

A maior diferença de preços foi encontrada no genérico do remédio Paracetamol, indicado para redução da febre e para o alívio temporário de dores. O preço do produto variou 811,11% na cidade, sendo encontrado por R$ 0,90 e por R$ 8,20.
No segundo lugar, apareceu o genérico do medicamento Nimesulida, usado como anti-inflamatório. O produto variou 757,20%, indo de R$ 2,43 a R$ 20,83.

Preços.
A supervisora da equipe de pesquisas da Fundação Procon, Cristina Martinussi, disse que os genéricos sempre registram grande diferença de preços.
"As farmácias dizem que, dependendo do laboratório, elas têm poder de compra maior e podem adquirir os medicamentos a preço mais baixo. E também há diferença de preços entre os laboratórios", afirmou, em nota.

Ela orientou os consumidores a pesquisar preços antes de efetivar a compra de remédios (leia texto nesta página).

Referência.
Entre os medicamentos de referência (não-genéricos), o de maior diferença no preço em São José foi o Cloridrato de Ranitidina, denominado Antak, do laboratório Glaxosmithkline. A variação foi de 142,07% no preço do remédio, encontrado por R$ 27,88 e por R$ 67,49.

Segundo o Procon, a pesquisa levou em conta o desconto máximo para o consumidor comum, sem condição especial.

Orientação é pesquisar em farmácias

Pesquisar preços em várias drogarias e farmácias antes de efetivar a compra do medicamento. Essa é a orientação da supervisora da equipe de pesquisas da Fundação Procon, Cristina Martinussi.

Ela indicou também que o consumidor não deve comprar medicamentos sem a devida prescrição médica. "É importante que o consumidor saiba que pode ser mais interessante comprar o genérico, por ser mais barato, desde que esteja sendo seguida a prescrição médica", disse ela.
Em razão do mercado, lembrou a pesquisadora, o remédio genérico de um mesmo laboratório pode apresentar preços diferentes de um estabelecimento para outro.

Além do preço, o consumidor deve verificar prazo de validade, número do lote e data de fabricação escritos na caixa do medicamento, além do número de registro no Ministério da Saúde.