Esportes

Jovem ciclista da FUNVIC é campeão em Minas Gerais

A equipe Funvic/Pindamonhangaba foi a grande protagonista da 2ª edição do Troféu Mário Caruso de Ciclismo, realizada entre os dias 18 e 19 de maio, entre Juiz de Fora e Simão Pereira, em Minas Gerais, em duas etapas.

A grande atuação da equipe começou na etapa de abertura, com o primeiro lugar ficando com o jovem Euller Magno Rabelo. Pindamonhangaba ainda teve Víctor Ferreira em 4º lugar no pódio.

Na 2ª etapa, no domingo (19), Flávio Santos ficou com o terceiro lugar, enquanto que Víctor terminou em quinto e Euller foi o sétimo, no mesmo tempo do campeão da etapa.

Com o resultado, Euller sagrou-se campeão geral da prova com o tempo final de 3h08min17. Víctor foi o terceiro na geral e Flávio Santos terminou em quinto.

Ainda no masculino, Flávio Santos foi o campeão de Montanha, enquanto que Víctor Ferreira venceu a Meta Sprint, deixando o companheiro Flávio Santos em segundo lugar.

FEMININO
Entre as mulheres, Pindamonhangaba também fez bonito, com Luciene Silva e Tatielle Valadares. Luciene venceu a 1ª etapa e ficou com o 2º lugar no segundo dia. Tatielle foi vice na primeira e terceira no domingo.

Com a soma dos tempos, Luciene Silva garantiu o segundo lugar na geral, com Tatielle sendo a terceira colocada, mesmo resultado das duas no prêmio de Motanha. Já no prêmio de Meta Sprint, o primeiro lugar ficou com Luciene Silva e o segundo com Tatielle Valadares.

 

Atletas de Pinda são destaques na Copa São Paulo de Ginástica Rítmica

Terminou nesse domingo (19), a 1ª fase da Copa São Paulo de Ginástica Rítmica, evento organizado pela Federação Paulista de Ginástica e que aconteceu no ginásio Juca Moreira, em Pindamonhangaba, contando com a presença de ginastas de várias cidades do Estado.

Neste domingo (19), aconteceram as disputas da categoria Adulto, com Pindamonhangaba sendo destaque na Elite e também no Nível 1.

Na Elite, que engloba ginastas que já disputaram o Campeonato Brasileiro da Modalidade, a jovem Karen Lavínia da Silva, sagrou-se campeã geral, após conquistar o primeiro lugar no aparelho Bola e o segundo lugar no arco.

Já na categoria Adulto Nível 1, Maria Eduarda fez uma ótima apresentação na bola, que lhe garantiu o primeiro lugar e ainda fez um quarto lugar no arco. Na soma dos resultados, sagrou-se vice-campeã da categoria.

Além dos resultados deste domingo, Pindamonhangaba ainda teve Júlia Gabriely como campeã geral no Infantil Nível 1, em disputadas que aconteceram no sábado (18). O título de Júlia veio após duas medalhas de prata, sendo uma na corda e outra Mãos Livres.

A professora e técnica da equipe de Pindamonhangaba, Simone Rosa, analisou a participação de Pindamonhangaba na competição. “Foi uma ótima participação, com ótimos resultados”, enfatizou.

O próximo compromisso da GR será no Torneio Junino de Ginástica Rítmica de Pindamonhangaba, programado para o dia 1º de junho, também no Juca Moreira, e aberto para todas as categorias. Interessados podem obter informações com a professora Simone através do (12) 98838-0148.

EMS Taubaté Funvic tem cinco convocados para a Seleção

Poucos dias depois de conquistar o inédito título da Superliga Cimed Masculina de Vôlei, o elenco da EMS Taubaté Funvic já tem novos compromissos. Desta vez, os destaques da equipe partem para mais uma fase de treinos e amistosos com a Seleção Brasileira Masculina de Vôlei.
O técnico Renan Dal Zotto, que se divide entre o time taubateano e o selecionado nacional, convocou da EMS Taubaté Funvic: Douglas Souza (ponteiro), Lucarelli (ponteiro), Lucão (central) e Thales (líbero).
O central Otávio, que foi campeão da Superliga e estava há três temporadas defendendo o time de Taubaté, também foi convocado. No entanto, ele já não é mais jogador da EMS Taubaté Funvic, tendo acertado sua ida para o Sada Cruzeiro (MG).
Os jogadores taubateanos se apresentam na próxima segunda-feira (20/05), em Campinas (SP), onde a equipe brasileira fará dois amistosos contra o Canadá nos dias 22 e 24.
Eles se juntam aos 15 primeiros atletas convocados para o início de treinamentos da seleção brasileira em 2019. O grupo está se preparando para Liga das Nações, Pré-Olímpico, Campeonato Sul-Americano e Copa do Mundo.
 
CONVOCADOS
OPOSTOS: Wallace (Sesc-RJ), Alan Souza (Sesi-SP), Felipe Roque (Fiat/Minas), Rafael Araújo (Polônia)
LEVANTADORES: Bruninho (Itália), Eduardo Carísio (Fiat/Minas), Thiaguinho (Sesc-RJ), Fernando Cachopa (Sada Cruzeiro)
CENTRAIS: Isac (Sada Cruzeiro), Maurício Souza (Sesc-RJ), Otávio (Sada Cruzeiro), Lucão (EMS Funvic Taubaté), Flávio (Fiat/Minas), Matheus (Fiat/Minas)
PONTEIROS: Rodriguinho (Sada Cruzeiro), Honorato (Fiat Minas), Lucarelli (EMS Funvic Taubaté), Leal (Itália), Lucas Lóh (Sesi-SP), Douglas Souza (EMS Funvic Taubaté), Maurício Borges (Sesc-RJ), Kadu (Itália)
LÍBEROS: Maique (Fiat/Minas), Thales (EMS Funvic Taubaté)

EMS Taubaté FUNVIC é campeã da Super Liga de Vôlei

Vôlei EMS FUNVIC Taubaté é campeão da Super Liga

 

          A noite de 11 de maio de 2019 ficará marcada na história do Vôlei em Taubaté. Jogando diante de uma Arena Suzano lotada – a equipe EMS Taubaté FUNVIC venceu o SESI-SP por 3 sets a 1 (Parciais de 25x21, 25x22, 21x25 e 25x20) na quinta e última partida da série final da Superliga Cimed Masculina de Vôlei 2018/2019.

          O resultado deu ao Taubaté seu primeiro título nacional na história, e o troféu levantado pelo capitão Rapha, coroa uma temporada vitoriosa e fecha com chave de ouro uma campanha muito positiva ao longo desta edição da Superliga Cimed.

             Campanha: A equipe EMS Taubaté Funvic encerra essa edição da Superliga Cimed Masculina com uma campanha geral de 25 vitórias e 8 derrotas, somando todas as fases até a final.

             Festa do título: Torcedores recepcionaram jogadores e comissão técnica com uma grande festa na Avenida do Povo, neste último domingo.

Brasil é campeão mundial do revezamento 4×100 m e faz história no Japão

A Seleção Brasileira masculina do 4×100 m conquistou neste domingo (12) um resultado histórico: foi campeã mundial de revezamentos em Yokohama, no Japão. A equipe formada por Rodrigo Nascimento, Jorge Vides, Derick Souza e Paulo André de Oliveira venceu a final do Mundial, com o tempo de 38.05, a melhor marca do mundo nesta temporada.

A vitória não foi fácil. Os brasileiros superaram os Estados Unidos, que tiveram Michael Rodgers, Justin Gatlin, Isiah Young e Noah Lyles – todos atletas com tempos abaixo dos 10.00 -, por 2 centésimos de segundo (38.07). A Grã-Bretanha ficou em terceiro, com 38.15.

 

Treinados por Felipe de Siqueira da Silva, os jovens velocistas brasileiros acertaram nas passagens de bastão e Paulo André novamente fechou muito bem a prova, assegurando a histórica vitória na linha de chegada. Os quatro atletas, com bandeiras do Brasil, comemoraram muito a conquista na pista do Estádio Internacional de Yohohama, o mesmo que foi sede de outra conquista: o pentacampeonato mundial de futebol de 2002.

“É muita alegria. Vocês não têm noção do que a gente passa para estar aqui. A gente merecia muito, muito mesmo. Somos campeões mundiais”, gritou Paulo André, de 20 anos, em entrevista dada a Carlos Gil, do SporTV. “Estamos muito felizes, muito felizes mesmo. A gente treinou, passou muito tempo fora de casa. A gente é campeão mundial e ninguém tira isso da gente”, continuou. “Vem outro Mundial por aí. Viemos aqui para buscar a vaga e conseguimos sair com o título mundial. Falo para todos: depositamos nossa confiança em Deus e deu tudo certo”, completou, referindo ao Mundial de Doha, no final de setembro e começo de outubro.

Derick, também de 20 anos, destacou a troca de bastão “A parte técnica foi boa, muito boa. Nós vimos o vídeo da qualificação e acertamos os detalhes que faltavam e conseguimos ficar com o título. Agora é trabalhar para baixar os tempos individuais mais ainda”, disse Derick.

Jorge, de 26, agradeceu ao treinador. “A gente tem um grupo muito qualificado e tudo graças à confiança que a Seleção teve em nós e ele (o técnico Felipe de Siqueira) depositou em nós. Ele é o cara!”, concluiu, seguido do coro: “Felipão, Felipão, Felipão”, feito pelos atletas.

Já Rodrigo, de 24, fez questão de mandar um recado. “Hoje é Dia das Mães no Brasil e quero agradecer a todas as mães por torcer pela gente. Feliz Dia da Mães”, afirmou. O quinto homem da equipe foi Vitor Hugo dos Santos.

No 4×100 m feminino, a equipe formada por Ana Carolina Azevedo, Lorraine Martins, Franciela Krasucki e Vitória Rosa terminou na quarta colocação, com 43.75, ficando atrás somente dos Estados Unidos (43.27), Jamaica (43.29) e Alemanha (43.68). Na qualificação, Andressa Fidélis correu no lugar de Ana Carolina.

“A gente fica triste porque o quarto lugar dói, fica perto da medalha. Estamos com uma equipe nova. É a primeira vez que a gente está correndo com essa formação e ainda temos muito a evoluir”, comentou Franciela.

Com o resultado, o Brasil volta a figurar entre as grandes equipes. Os quartetos nacionais têm três medalhas olímpicas: prata em Sydney 2000, bronze em Atlanta 1996 e bronze em Pequim e duas em Mundiais: prata em Paris 2003 e bronze em Sevilha 1999.

Na final do 4×400 m misto, prova que o Brasil disputou pela primeira vez na categoria adulta, a equipe formada por Lucas Carvalho, Tiffani Marinho, Cristiane Silva e Alexander Russo terminou em sexto lugar, com 3:20.71, não melhorando o recorde sul-americano estabelecido no sábado (11/5), com 3:18.26. Os Estados Unidos foram os campeões (3:16.43), seguidos do Canadá (3:18.15) e do Quênia (3:19.43).

“Nossa expectativa de tempo era outra, mas a gente só tem a agradecer. Não dá para reclamar de nada”, disse Tiffani. “Conseguimos a classificação para o Mundial, o principal objetivo da equipe. Para Doha vamos treinar mais ainda, entrosar mais ainda o revezamento, estar preparado para entrar e brigar por medalha”, completou Alexander. Geisa Coutinho não competiu por estar lesionada.

Na classificação geral, com apenas três equipes, o Brasil terminou em sexto lugar, com 16 pontos, ficando à frente de equipes tradicionais como a China, Itália, França e Grã-Bretanha.

Os Estados Unidos levaram mais uma vez o “bastão de ouro”, com 54 pontos, seguidos da Jamaica e do Japão, ambos com 27.

Vôlei Taubaté Funvic (SP) vence 5º jogo contra o Sesi-SP e fatura título inédito da Superliga

O Taubaté Funvic (SP) é o campeão da Superliga Cimed masculina de vôlei 18/19. No sábado (11), o time de Taubaté (SP) superou o Sesi-SP por 3 sets a 1 (25/21, 25/22, 21/25 e 25/20), na Arena Suzano, em Suzano (SP). Com o resultado, a equipe dirigida pelo treinador Renan fechou o playoff melhor de cinco por 3 jogos a 2, conquistando, assim, o primeiro título da competição.

O oposto Leandro Vissotto brilhou na final, teve a maior votação no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e ficou com o Troféu VivaVôlei. Foi o segundo troféu de melhor jogador do atacante no playoff decisivo da competição.

Renan, em dois meses campeão

O treinador Renan assumiu o EMS Taubaté Funvic (SP) no final de fevereiro de 2019. Em um pouco mais de dois meses de trabalho, o técnico implantou o seu método de trabalho e levou o time do Vale do Paraíba a seu primeiro título da Superliga Cimed masculina. Com um currículo vencedor como jogador e treinador, Renan assumiu o time faltando três rodadas para o fim do returno.

Lucarelli, da lesão a MVP

Aos 27 anos, o ponteiro Lucarelli viveu uma temporada especial na Superliga Cimed 18/19. Depois de ficar pouco mais de oito meses fora das quadras em recuperação de uma lesão no tendão de Aquiles, o jogador voltou a sua melhor forma durante a competição e foi peça decisiva na companha que culminou com o título da equipe do interior de São Paulo. O campeão olímpico foi eleito o MVP e um dos dois melhores ponteiros da competição. Bastante emocionado depois da cerimônia de premiação, o atacante fez questão de agradecer o apoio recebido.

SELEÇÃO DA SUPERLIGA

CRAQUE DA GALERA – Raphael (EMS Taubaté Funvic)
MVP – Lucarelli (EMS Taubaté Funvic)
Troféu VivaVõlei da final – Leandro Vissotto

Levantador – William (Sesi-SP)
Oposto – Alan (Sesi-SP)
Ponteiros – Lucarelli (EMS Taubaté Funvic) e Lucas Loh (Sesi-SP)
Centrais – Lucão (EMS Taubaté Funvic) e Éder (Sesi-SP)
Líbero – Thales (EMS Taubaté Funvic)
Treinador – Rubinho (Sesi-SP)
Árbitro – Paulo Turci (PR)

CLASSIFICAÇÃO FINAL:

1º – EMS Taubaté Funvic (SP)
2º – Sesi-SP
3º – Sada Cruzeiro (MG)
4º – Sesc RJ
5º – Vôlei Renata (SP)
6º – Fiat/Minas (MG)
7º – Copel Telecom Maringá Vôlei (PR)
8º – Vôlei UM Itapetininga (SP)
9º – Corinthians-Guarulhos (SP)
10º – São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (SP)
11º – Caramuru Vôlei (PR)
12º – São Judas Voleibol (SP)

Jovens atletas de Pinda são destaques no Paulista Inter-Regional de Natação

Seis atletas de Pindamonhangaba estiveram em ação no Campeonato Paulista Inter-Regional de Natação – Troféu Kim Mollo, disputado entre os dias 10 e 12 de maio, em Mococa-SP, competição que contou com a participação de 572 atletas de todo o Estado, nas categorias Petiz, Infantil e Juvenil.

Pindamonhangaba foi representada por seis nadadores e pelo técnico Luis Carlos Lúcio, que integraram a seleção da 6ª Região (Vale do Paraíba).

 

Na categoria Petiz , Pedro Henrique Júlio e Josué Alvarenga integraram o revezamento 4x50m medley, medalha de ouro na prova. Pedro ainda ficou com o segundo lugar nos 100 metros peito e terminou os 400 metros livre em 10º lugar, enquanto que Josué terminou os 100 metros borboleta em 4º lugar.

Ainda na Petiz, Yasmin Lemes Antônio, foi bronze nos 100 metros peito; 4ª colocada revezamento 4x50m medley e nos 400 metros livre peito e ainda ficou com um quinto lugar nos 100 metros livre.

Na categoria Infantil 2, Igor França Silva foi sétimo colocado no revezamento 4x50m medley e 15º nos 100 metros livre, enquanto que Amanda Melo foi a 11ª colocada nos 100 metros peito.

Na Juvenil 2, Luiz Duarte Silva terminou em oitavo lugar nos 100 metros costa, mesmo resultado alcançado nos revesamento 4x50m medley e 11º lugar nos 50 e 100 metros livre.

VÔLEI: EMS Taubaté FUNVIC em busca do título inédito

Após quase sete meses de disputa, chegou a hora da grande decisão da Superliga Masculina de Vôlei 2018/2019. EMS Taubaté FUNVIC e SESI-SP se enfrentam neste sábado, 11/05, às 21h30, na Arena Suzano, em Suzano (SP), pela quinta e última partida das finais.

     Com a série melhor de cinco empatada em 2 a 2, as emoções ficarão todas para a partida deste sábado.

     A EMS Taubaté Funvic trabalhou forte ao longo da semana, sob comando do técnico Renan Dal Zotto, buscando acertar os últimos detalhes para o jogo que pode dar o título inédito da Superliga para a equipe taubateana.

     Na primeira fase a equipe terminou com a 3ª melhor campanha, somando 17 vitórias e sofrendo 5 derrotas. Nas quartas de final, passou pelo Vôlei Renata Campinas (SP) na série melhor de três com 2 jogos a 1. Nas semifinais, atropelou o Sada Cruzeiro (MG) na série melhor de cinco por 3 jogos a zero.

Larissa Oliveira disputa Circuito Loterias Caixa de Natação

A nadadora Larissa Oliveira, 23, do Programa Esporte Para Todos, da Prefeitura de Taubaté,  representa a equipe neste fim de semana na 1ª Etapa Nacional do Circuito Loterias Caixa de Natação Paralímpica.
A etapa Nacional reúne os maiores nomes da natação paralímpica do Brasil de 10 a 12 de maio, no complexo aquático do Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.
Esta é a primeira de duas etapas nacionais, que se somam ao Campeonato Brasileiro de Natação Paralímpica, que era a antiga 3ª etapa nacional, e desde o ano passado passou a valer como campeonato brasileiro da modalidade.
Larissa Oliveira é treinada pelo professor Luciano Diniz.  Ela compete na classe S6 e disputa quatro provas:
Sexta-feira (10/05): 100m costas
Sábado (11/05): 50m borboleta e 200m medley
Domingo (12/05): 100m peito.

Pindamonhangaba conquista 43 medalhas no Torneio Regional Petiz à Sênior de Natação

A equipe de natação de Pindamonhangaba, comandada pelos professores Luis Carlos Lúcio e Adreanne Abreu, fez uma belíssima participação no Torneio Regional Petiz à Sênior de Natação, disputada no dia 4 de maio, na Associação Esportiva São José, em São José dos Campos (SP).

A competição contou com a participação de 237 atletas espalhados por dez clubes participantes. A delegação de Pindamonhangaba foi composta por 25 nadadores.

No total, Pindamonhangaba conquistou 43 medalhas, sendo 25 de ouro, 12 de prata e outras seis de bronze, o que mostra o alto nível de competitividade da equipe.

Após a grande apresentação em São José dos Campos, a equipe mira nos próximos desafios da temporada e, já no próximo fim de semana, dois paratletas estarão na disputa da 1ª Etapa Nacional Circuito Loterias Caixa, que acontecerá em São Paulo. Os dois serão acompanhados pela técnica Adreanne.

Já entre os dias 10 e 12 de maio, seis atletas e o técnico Lúcio, estarão junto com a seleção da 6ª Região (Vale do Paraíba), na disputa do Inter-Regional Estadual de Natação. A prova acontecerá em Mococa (SP).

Go to top