Taubaté retoma a campanha Xô Escorpião em três bairros

A Prefeitura de Taubaté retoma a partir desta segunda-feira, dia 18 de novembro, a campanha Xô Escorpião. As atividades, normalmente desenvolvidas em todas as segundas quinzenas do mês, tinham sido suspensas em outubro para a realização da Análise de Densidade Larvária (ADL) da primavera.

Desta vez a campanha chega aos bairros Parque Aeroporto, Vila Bela e Portal da Mantiqueira. Até o dia 29 de novembro, os agentes do Controle de Animais Sinantrópicos (CAS) devem passar pelas ruas dos bairros distribuindo panfletos e orientando os moradores. Também está prevista a passagem de um caminhão cata-treco para o recolhimento de materiais inservíveis.

A edição de 2019 da campanha Xô Escorpião deve terminar em dezembro com 29 bairros de Taubaté vistoriados. De acordo com balanço da Vigilância Epidemiológica de Taubaté, foram registrados entre janeiro e o dia 8 de novembro 401 acidentes com animais peçonhentos. Deste total, 285 acidentes foram com escorpiões (71%).

A portaria municipal nº 780, de 6 de junho de 2016, determina a realização de operações de combate aos escorpiões envolvendo diversos setores da prefeitura.

Pinda realiza mobilização do Dia Mundial do Diabetes

A Secretaria de Saúde realiza nesta quinta-feira dia 14 uma mobilização de conscientização ao Dia Mundial do Diabetes, com o tema “Diabetes e a família”, das 9 às 16 horas, no Marco Zero, da Praça Monsenhor Marcondes.

O dia contará com a aferição de pressão arterial, glicemia ,Índice de Massa Corpórea, orientação nutricional e saúde do homem.

O Dia Mundial da Diabete é lembrado anualmente em 14 de novembro, data de nascimento do cientista canadense Frederick Bantin que  em parceria com Charles Best, foi responsável pela descoberta da insulina, em outubro de 1921.

O objetivo da campanha é aumentar a conscientização sobre a doença, falar dos cuidados com a saúde e da importância da prevenção.

Novembro Azul e a prevenção do câncer de próstata

câncer de próstata é a neoplasia sólida mais comum e a segunda maior causa de óbito oncológico no sexo masculino.

 É o câncer mais incidente nos homens (excetuando-se o câncer de pele não melanoma) em todas as regiões do país.

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), haverá mais de 68.000 novos casos este ano no Brasil, enquanto nos Estados Unidos, segundo a Sociedade Americana do Câncer, a estimativa é de 174.650 novos casos e 31.620 óbitos em 2019. 

É considerado um câncer da terceira idade, isto é, em três quartos dos casos no mundo manifesta-se a partir dos 65 anos.

O aumento da incidência no Brasil pode ser justificado pela evolução dos métodos diagnósticos (exames), pela melhoria na qualidade dos sistemas de informação e também pelo aumento na expectativa de vida.  

Quando os sintomas começam a aparecer, 95% dos casos já estão em fase adiantada. Não é possível evitar a doença, mas é possível diagnosticá-la precocemente e, desse modo, as chances de cura são maiores - superiores a 90 %.

Todos os homens devem ser esclarecidos sobre o câncer da próstata e suas implicações. Jamais podemos deixar de diagnosticá-lo em homens saudáveis e assim, discutir a melhor opção terapêutica. Deixar o câncer se manifestar espontaneamente é um grande risco e sofrimento para o paciente e sua família, considerando a evolução e potencial agressividade desse tumor.

Taubaté: Farmácias devem ter maca ou poltrona para aplicar injeção

Foi promulgada no dia 22 a Lei nº 5.506, de autoria do vereador Orestes Vanone (PV), que obriga farmácias e drogarias privadas a disporem, na sala privativa de atendimento, de maca ou poltrona reclinável para aplicação de medicação injetável e recuperação do cliente.

O descumprimento da lei acarretará sanções que vão de advertência a multa de duas UFMTs (Unidades Fiscais do Município de Taubaté), algo em torno de R$ 390,00.

Os estabelecimentos terão 60 dias, contados da data de publicação da lei, para se adequarem. O prazo termina em 23 de dezembro.

Como se proteger da poluição atmosférica

Dados da Organização Mundial da Saúde revelam que cerca de 92% da população mundial está concentrada em cidades em que a qualidade do ar não está adequada aos limites estabelecidos pela própria OMS. No Brasil, ocorrem cerca de 14 mortes relacionadas à poluição atmosférica a cada 100 mil habitantes.

As principais vítimas desse problema são as pessoas que ficam expostas ao excesso de ozônio ou outros materiais particulados  ou seja, partículas minúsculas que ficam suspensas no ar e que podem entrar na corrente sanguínea. Isso pode provocar, principalmente, doenças respiratórias e do coração.

Mas o que fazer para se proteger desse perigo que muitas vezes se torna invisível?

Atualmente existem diversas técnicas e produtos, como os purificadores de ar, que ajudam a melhor a qualidade do ar nessas situações de risco para o ser humano. Separamos algumas dicas para que você consiga se expor menos ao risco trazido pela poluição atmosférica.

Evite o trânsito

Os combustíveis queimados estão entre os principais responsáveis pelo despejo de poluentes, como o Dióxido de Carbono, na atmosfera. Por isso quanto mais tempo você passa em locais com grande circulação de veículos maiores as chances de você desenvolver alguma doença cardiorrespiratória.

Motoristas, entregadores ou pessoas que trabalham o dia inteiro na rua, próximo de grandes avenidas são as principais vítimas dos poluentes que são liberados pelos veículos, principalmente os de maior tamanho, como caminhões, que costumam usar o diesel como combustível.

Troque o filtro do ar condicionado

O ar condicionado  além do conforto térmico, promove uma breve higienização do ar. Através de seu filtro, diversas partículas pequenas de sujeira são barradas, fazendo com que a qualidade do ar melhore nesses espaços. Porém é importante ter atenção para que o efeito não seja o contrário!

A troca do filtro do ar condicionado deve ser feita frequentemente, de acordo com as recomendações do fabricantes ou de acordo com a frequência de uso do produto. Um ar condicionado que não foi limpo pode ser tão ou mais prejudicial para a saúde respiratória do que andar por áreas de alto risco.

Evite áreas de maior concentração de gases

Também é indicado por especialistas evitar algumas áreas que podem ser mais nocivas. Entre elas, as proximidades de ruas muito movimentadas, espaços fechados em que há muita fumaça e áreas industriais. Todos esses ambientes possuem uma grande concentração de substâncias poluentes no ar que ao serem inaladas em alta quantidade, podem gerar prejuízos para a saúde.

Taubaté confirma 12 mortes por influenza

Balanço atualizado da Vigilância Epidemiológica de Taubaté indica 12 mortes confirmadas por influenza no município. São 10 exames positivos para H1N1 e dois casos de influenza A não subtipado.

A confirmação mais recente é de um homem de 73 anos, cujo óbito ocorreu no dia 11 de setembro. No total, são 66 casos confirmados de influenza no município. O perfil epidemiológico mostra até agora prevalência do vírus H1N1 (55 casos), seguido pela influenza B (5 casos), H3N2 (4 casos) e dois casos de influenza A não subtipados.

No mesmo período do ano passado tinham sido registradas 14 mortes por influenza (13 influenza A não subtipado e 1 H1N1) e 86 casos confirmados da doença com grande prevalência do vírus H3N2 (46 casos).

Taubaté garantiu uma ampla cobertura este ano, com 100.769 doses da vacina contra influenza aplicadas e uma cobertura de 100,41% em relação aos grupos prioritários. O percentual de cobertura superou o do ano passado.

Ministério da Saúde vai devolver inseticida vencido

Utilizado na prática do fumacê para o combate ao mosquito Aedes aegypti, governo diz que produto adquirido era de má qualidade e ficou armazenado; agora que produto venceu deverá ser devolvido ao fabricante e substituído por outro.

 

Mais de 400 mil litros de inseticida vencido, usado para fazer o fumacê no combate ao mosquito da dengue, serão devolvidos ao fabricante. Segundo o Ministério da Saúde, o produto ficou armazenado por ser de "má qualidade" e deverá ser substituído.

Entre janeiro e outubro deste ano, foram registradas 591 mortes por dengue no Brasil. No mesmo período do ano passado este número era de 141.

O secretário de vigilância da pasta, Wanderson Kléber, disse nesta segunda (21) que entre os seis lotes adquiridos, quatro apresentaram problemas e ficaram armazenados em um depósito.

"Nós acionamos a Organização Pan-americana da Saúde e a empresa Bayer para resolver este problema e substituir o produto. Eles já estão realizando o procedimento para a substituição", disse Kléber.

Em fevereiro, mais de 100 mil litros de inseticida foram substituídos pelo fabricante, mas 80 mil litros não passaram em testes de qualidade.

Segundo o ministério, 26 mil litros do produto – considerado bom para o uso – foram distribuídos para sete estados: Pernambuco, Paraíba, Alagoas, Sergipe, Rio Grande do Norte, Piaui e Rio de Janeiro; todos os estados que de acordo com o governo tiveram aumento nos casos de Chikungunya, também transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

Reabastecimento

O governo informou também que os demais lotes do inseticida, quando aprovados, serão liberados e enviados pros estados para reabastecer a rede, mas não fala em prazos.

O Ministério da Saúde disse ainda que um novo inseticida está em processo de compra e que até janeiro do ano que vem serão entregues mais 100 mil litros do produto.

Taubaté: UBS Mais Mourisco tem horário estendido de vacinação da tríplice viral

A UBS Mais do Jardim Mourisco retoma na próxima quarta e quinta-feira, dias 18 e 19 de setembro, a vacinação da tríplice viral em horário estendido.
A ideia é atualizar a carteira de vacinação e proporcionar uma opção a mais para quem tem dificuldade em se deslocar durante o horário comercial. No início do mês, os dois dias de horário estendido corresponderam a 165 doses aplicadas.
A aplicação das doses da vacina SCR (sarampo, caxumba e rubéola) acontece das 8h às 10h30 e das 13h às 19h30 nos dias de horário estendido. O município abasteceu a unidade com um estoque extra de vacinas encaminhadas pela regional do Grupo de Vigilância Epidemiológica do Estado (GVE). A UBS Mais Mourisco fica na avenida Santina Alvissus Fernandes, s/nº, Jardim Mourisco.
Atualização
Taubaté soma atualmente nove casos de sarampo confirmados e 34 casos suspeitos em investigação. Outros 13 casos foram descartados. Os casos mais recentes são de duas crianças de 1 ano de idade (menino e menina) moradoras dos bairros Areão e Parque Aeroporto, além de uma mulher de 23 anos moradora do Belém. As crianças estavam vacinadas, porém a mulher não. Também foram realizadas ações de bloqueio vacinal no entorno dos bairros.
Crianças entre seis meses e 11 meses podem ser vacinadas contra o sarampo. A Vigilância Epidemiológica de Taubaté reforça que, mesmo com a aplicação dessa dose, estão mantidas as demais vacinações no calendário, aos 12 meses e reforço aos 15 meses.
Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3629-6232.

Retire suas dúvidas:
Quem pode tomar a vacina?
Esquema especial
Crianças entre 6 meses e 11 meses: vacina SCR (sarampo – caxumba – rubéola)
Ações de rotina
– pessoas entre 1 e 29 anos de idade: duas doses com intervalo mínimo de 30 dias
– pessoas entre 30 e 59 anos de idade: uma dose
– pessoas com 60 anos ou mais de idade: não precisam ser vacinadas

Quem não precisa tomar a vacina?
Quem está com a carteirinha de vacinação em dia

Quando não posso tomar a vacina?
– A vacina SCR não deve ser administrada simultaneamente com a vacina febre amarela. Nesse momento, reforça-se a necessidade de priorizar a vacinação com SCR, devendo-se agendar a dose da vacina febre amarela com intervalo de 30 dias

SARAMPO: Taubaté chega a seis casos de confirmados

Balanço atualizado da Vigilância Epidemiológica de Taubaté indica seis casos de sarampo confirmados. São 28 casos suspeitos em investigação e outros 12 casos descartados.
O caso confirmado é de uma criança de 3 anos, moradora  no bairro Sonia Maria. Ela passa bem. Foram realizadas ações de bloqueio vacinal no entorno do bairro. Esta criança já tinha sido vacinada.
As doses contra o sarampo estão disponíveis em todas as unidades de saúde que dispõem de salas de vacinação em Taubaté. A relação das unidades pode ser conferida pelo link http://www.taubate.sp.gov.br/unidadesdesaude/.
Crianças entre seis meses e 11 meses podem ser vacinadas contra o sarampo. A Vigilância Epidemiológica de Taubaté reforça que, mesmo com a aplicação dessa dose, estão mantidas as demais vacinações no calendário, aos 12 meses e reforço aos 15 meses.
Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3629-6232.

Go to top
JSN Time 2 is designed by JoomlaShine.com | powered by JSN Sun Framework