Greve é suspensa na Chery em Jacareí

Os trabalhadores da Chery de Jacareí suspenderam na manhã desta segunda-feira (29) a greve iniciada na última sexta-feira (26) após a rescisão de contrato da montadora com uma empresa terceirizada e que resultou na demissão de 33 funcionários.

De acordo com o diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região, Guirá Borba de Godoy Guimarães, a suspensão foi aprovada até a próxima quarta-feira (2). "A empresa abriu negociação e vamos nos reunir amanhã [terça-feira (1º)], às 15h", conta.

Segundo Guimarães, os trabalhadores já retornaram aos postos de trabalho na manhã desta segunda-feira. "A produção foi retomada e a greve está suspensa até quarta-feira, quando teremos uma outra assembleia com os trabalhadores", diz Guimarães.

Na última sexta-feira, os trabalhadores iniciaram uma greve por tempo indeterminado após a Chery rescindir o contrato com a BMS, empresa de logística que prestava serviços à montadora.

Inicialmente, o sindicato informou que 40 funcionários terceirizados foram demitidos com a rescisão do contrato. A direção da BMS, no entanto, informou que 33 empregados foram dispensados com a perda de contrato com a Chery.

Ainda na sexta-feira, a montadora informou que a paralisação dos funcionários poderia prejudicar o início da produção do New QQ na unidade. O novo modelo de carro é uma aposta da montadora chinesa para a retomada das vendas.

O objetivo do sindicato é a incorporação dos trabalhadores demitidos ao quadro de funcionários da Chery. A montadora possui cerca de 400 funcionários na planta de Jacareí - única da empresa no Brasil - e produz o modelo Celer. As informações são do Portal Meon.

Ler 296 vezes
Entre para postar comentários

Clima

banner WEB 368x390px

STYLOSHAIR

TV Funvic Banner Slide 01

Go to top