Assistência Social realiza capacitação para recepcionistas para os CRAS


A Secretaria de Assistência Social, por meio do Departamento de Proteção Social Básica, iniciou na última sexta-feira (5) uma capacitação voltada para as recepcionistas dos Centros de Referência de Assistência Social – CRAS.
O objetivo da capacitação é atualizar a equipe sobre a Política de Assistência Social, programas, serviços, benefícios, aprimorar a humanização e acolhida nos atendimentos prestados à população.
A Política de Assistência Social prevê a capacitação continuada de todos que compõe a equipe.

Ministério da Saúde lança Campanha Nacional de Vacinação

Ministério da Saúde lança Campanha Nacional de Vacinação

O Ministério da Saúde lançou hoje (7), em São Paulo, a Campanha Nacional de Vacinação contra a poliomielite e de multivacinação. O objetivo é recuperar a cobertura vacinal de crianças e adolescentes que deixaram de tomar os imunizantes previstos no calendário nacional. 

A partir de amanhã (8),  cerca de 40 mil salas de vacinação em todo o país estarão abertas para aplicar doses de 18 tipos de imunizantes previstos no calendário nacional de vacinação para esse público. A campanha terminará em 9 de setembro. 

A vacinação contra a poliomielite é destinada para crianças menores de 5 anos. A multivacinação é para crianças e adolescentes menores de 15 anos.

Para crianças estarão disponíveis os seguintes imunizantes:  Hepatite A e B; Penta (DTP/Hib/Hep B), Pneumocócica 10 valente; VIP (Vacina Inativada Poliomielite); VRH (Vacina Rotavírus Humano); Meningocócica C (conjugada); VOP (Vacina Oral Poliomielite); Febre amarela; Tríplice viral (Sarampo, Rubéola, Caxumba); Tetraviral (Sarampo, Rubéola, Caxumba, Varicela); DTP (tríplice bacteriana); Varicela e HPV quadrivalente (Papilomavírus Humano).

Para adolescentes: HPV; dT (dupla adulto); Febre amarela; Tríplice viral; Hepatite B, dTpa e Meningocócica ACWY (conjugada).

Ao participar do lançamento da campanha, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que o último caso de pólio no Brasil foi registrado em 1989. Segundo ele, a cobertura vacinal da população está diminuiu em todo o mundo, principalmente durante o período da pandemia de covid-19. O ministro também conclamou as famílias a levarem as crianças para vacinar.

"Peço aos pais que levem seus filhos para as salas de vacinação. É inaceitável que, hoje, no século 21, 100 anos depois do esforço extraordinário de Oswaldo Cruz para introduzir esses conceitos sanitários no Brasil, nós tenhamos ainda crianças com doenças que podem ser evitáveis por vacina", afirmou.

O ministério espera vacinar cerca de 14.3 milhões de pessoas contra a polio. Todos os imunizantes ofertados têm registro pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

 

 

Agência Brasil

Secretaria de Saúde realiza ações na semana da amamentação materna

Secretaria de Saúde realiza ações na semana da amamentação materna

A Prefeitura de Pindamonhangaba, por meio da Secretaria de Saúde, realiza nas unidades básicas de saúde (UBS) ações de incentivo ao aleitamento materno, na semana em alusão à amamentação materna.
Nas unidades básicas de saúde, as ações de incentivo ao aleitamento materno já ocorrem durante as ações comunitárias de educação em saúde, como palestras comunitárias e encontros com gestantes.
O programa de treinamento e educação comunitária na atenção à saúde da mulher, que está sendo desenvolvido pelo Departamento de Atenção Básica durante o ano de 2022, conta com grupos de gestantes, em que as mães aprendem a lidar com as principais dificuldades na hora de amamentar. Nestes encontros, que ocorrem nas unidades básicas de saúde, são abordados os mitos e as verdades sobre o leite materno e cuidados essenciais com o recém-nascido.
No mês de setembro, em continuidade a estas ações, também será promovido um encontro para atualização e qualificação dos profissionais médicos, enfermeiros e equipe de enfermagem para atender as necessidades das mães que amamentam.
Com essas inciativas, é possível atender as necessidades das mães de forma humanizada e acolhedora promovendo o autoconhecimento e a qualificação profissional.
O mês do Aleitamento Materno no Brasil foi instituído pela Lei nº 13.435/2.017 que determina que, no decorrer do mês de agosto, serão intensificadas ações intersetoriais de conscientização e esclarecimento sobre a importância do aleitamento materno.

© José Cruz/Agência Brasil

Projeto cria campanha para doação de cabelo a pessoas com câncer

A Câmara dos Deputados aprovou nesta segunda-feira (1º) o projeto de lei que cria a campanha nacional para incentivar a doação de cabelo a pessoas carentes em tratamento de câncer ou vítimas de escalpelamento. A proposta segue para o Senado.

De acordo com o autor da proposta, deputado Vinicius Carvalho (Republicanos -SP), a campanha tem o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da doação de cabelos para a recuperação da autoestima dos pacientes em tratamento de câncer, bem como divulgar os procedimentos e os locais onde podem ser feitas doações.

“A autoestima para um paciente de câncer tratado com quimioterapia é extremamente importante na sua recuperação, o uso de perucas é um instrumento muito utilizado por hospitais para auxiliar em sua recuperação. Muitos hospitais possuem bancos de cabelos para a confecção das perucas que serão utilizadas em seus pacientes, mas é necessário que tenham doações suficientes de cabelos para esse fim. Lembramos que muitas perucas não podem ser adquiridas por aqueles mais carentes”, justificou o autor da proposta.

O texto aprovado prevê que a campanha seja coordenada pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, com a participação de organizações da sociedade civil. A campanha deve ser realizada anualmente durante a semana do Dia Nacional de Combate ao Câncer, em 27 de novembro.

 

Agência Brasil

CRAS Cidade Nova é inaugurado pela Prefeitura em prédio próprio

CRAS Cidade Nova é inaugurado pela Prefeitura em prédio próprio

Aconteceu nesta quinta-feira (28) a inauguração do novo prédio da unidade do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) que irá atender os moradores da região da zona leste do município. A ação foi realizada pela Prefeitura de Pindamonhangaba, por meio da Secretaria de Assistência Social (Departamento de Proteção Social Básica), e a nova unidade passa a atender em prédio próprio, totalmente revitalizado pela Prefeitura.
O prédio, denominado Fernanda Maria Bondioli de Oliveira, fica na avenida Rio de Janeiro, 475 (antigo DP de Polícia Civil), e vai receber diversos serviços do CRAS oferecidos pela Assistência Social, que estavam sendo realizados em imóvel alugado.
Participaram da solenidade o prefeito Isael Domingues, a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Cláudia Domingues, a secretária Ana Paula Miranda, vereadores Cal (presidente da Câmara), Magrão, Norbertinho e Gilson Nagrin, representante do Governo do Estado Claudinei Nagate, presidente da Associação de Moradores, Marco Aurélio da Cunha, equipe da Assistência Social e lideranças e população em geral.
“O prédio próprio foi elaborado para aprimorarmos os nossos serviços oferecidos aos moradores, sendo reformado com utilização de recursos que recebemos do Governo Federal”, afirmou Ana Paula.
Ela explicou que o CRAS Cidade Nova continuará “atendendo as questões de proteção básica à da população que necessita de proteção e inclusão na área social. Será mais um equipamento para desenvolvermos trabalhos na área das políticas públicas assistenciais”, completou Ana Paula.
O prefeito, Dr. Isael Domingues, elogiou a equipe da Assistência Social, a parceria com o Governo Federal e ressaltou as últimas conquistas para a área. “Recentemente inauguramos a primeira unidade regional do CRAVI (Centro de Referência e Apoio à Vítima) e também o Albergue Municipal. Temos trabalhos em várias frentes para darmos dignidade, proteção e amparo às pessoas. Tenho certeza que a equipe do CRAS Cidade Nova vai ampliar e melhorar esse serviço de excelência que realizam e é essencial para a população do Cidade Nova e Zona Leste”.
Ele ainda enalteceu a figura da patrona do prédio Fernanda Bondioli, ressaltando sua atuação na assistência social e cumprimentou sua filha Rafaela e o irmão Francisco, presentes com outros familiares e amigos.

Albergue Municipal tem capacidade para acolher 20 moradores em situação de rua

Albergue Municipal tem capacidade para acolher 20 moradores em situação de rua

A Prefeitura de Pindamonhangaba inaugurou o Albergue Municipal na segunda-feira (27). O espaço é um serviço de proteção social especial de alta complexidade da Assistência Social que atenderá pessoas em situação de rua com diversos serviços.
O equipamento fica na rua Papa João XXIII, 433, Alto Cardoso, e substitui e amplia os serviços que estavam sendo realizados no Centro de Acolhimento a Moradores em Situação de Rua, desde março, na Quadra Coberta. O espaço atualmente está sendo desativado e voltará a funcionar para prática esportiva.
De acordo com a secretária de Assistência Social, Ana Paula Miranda, “o albergue tem capacidade inicial para atender 20 pessoas entre homens e mulheres, que estejam dentro dos critérios e perfil do regulamento do serviço”.
Ela relatou que “dentre os serviços oferecidos pela Assistência Social no local estão a triagem pela equipe técnica, atendimento social e psicológico, bem como todos os encaminhamentos necessários à rede sócio-assistencial do município”.
O albergue contará com uma equipe técnica composta por assistentes sociais, psicólogos, além de apoio administrativo, guardas, controladores de acesso 24 horas, ajudantes de serviços gerais, dentre outros.
O evento reuniu dezenas de autoridades, como o presidente da Câmara, José Carlos Gomes – Cal, vereadores Julinho Car, Regininha, Magrão, Rogério Ramos, Herivelto Vela, Gilson Nagrin, Renato Cebola, além de secretários municipais, do deputado estadual André do Prado e do deputado federal Marcio Alvino.
Os deputados elogiaram o serviço e anunciaram que vão repassar R$ 100 mil para cada uma de 13 instituições assistenciais de Pindamonhangaba. Márcio Alvino, que enviou cerca de R$ 600 mil para custeio do albergue, ainda vai liberar uma ambulância para a Apae.
O vice-prefeito e secretário de Governo e Serviços Públicos Ricardo Piorino enalteceu o empenho da gestão municipal em atividades sociais e frisou o compromisso da Prefeitura em proporcionar serviços que garantam a proteção social e a qualidade de vida.
O prefeito Dr. Isael Domingues explicou que o albergue vai fornecer kits de higiene, alimentação, banho e pernoite aos acolhidos. “As pessoas em situação de rua poderão permanecer utilizando os serviços por até seis meses, até que possam ser reinseridos na sociedade ou, quando possível, no núcleo familiar, garantindo assim a sua dignidade e inclusão social”. Ele destacou que o Albergue visa garantir os direitos, o acolhimento e a humanização ao atendimento às pessoas em situação de rua, oferecendo acolhimento e dando dignidade às pessoas. “Queremos acolher essas pessoas com humanização no atendimento, ofertando alimentação, banho, cama para dormir com tranquilidade e com segurança. Além disso, vamos oferecer amparo psicológico e atendimento social para reinserção da pessoa no convívio familiar e social, buscando meios para resgatarmos a qualidade de vida de todos. É mais uma importante conquista para Pindamonhangaba. Temos avançado muito na área social e o albergue é mais uma iniciativa fundamental para o desenvolvimento social no município”, completou o prefeito.
Espaço Pet - Ao fim do evento, o prefeito levou os deputados a conhecer o espaço PET, que fica no albergue para acolher animais de estimação daqueles moradores que possuem cães principalmente – espaço que também já existia no Centro de Acolhimento a Moradores em Situação de Rua. A iniciativa é uma parceria com o Fundo Social de Solidariedade, por meio do Projeto Reinvente, que produz as casinhas para os animais.
No local ainda haverá fornecimento de ração e atenção aos animais. “Pensamos nisso porque muitos possuem cachorros e precisamos acolher as pessoas e seus animais. Isso já demonstra um pouco do diferencial e do carinho que será este serviço fundamental na cidade”, finalizou Ana Paula.

Pinda inaugura Albergue Municipal na segunda-feira

Pinda inaugura Albergue Municipal na segunda-feira

A Prefeitura de Pindamonhangaba vai inaugurar o Albergue Municipal na segunda-feira (27), às 16 horas.
O equipamento fica na rua Papa João Paulo XIII, 433, Alto Cardoso e substitui e amplia os serviços que têm sido realizados no Centro de Acolhimento a Moradores em Situação de Rua – que funciona deste março de 2020 na Quadra Coberta.
O Albergue Municipal é um serviço de proteção social especial de alta complexidade da Assistência Social que atenderá pessoas em situação de rua com diversos serviços.
A unidade possui capacidade inicial para 20 pessoas e atenderá homens e mulheres que estejam dentro dos critérios e perfil do regulamento do serviço.
Dentre os serviços oferecidos pela Assistência Social no local estão a triagem pela equipe técnicas, atendimento social e psicológico, bem como todos os encaminhamentos necessários à rede sócio assistencial do município.
O albergue contará com uma equipe técnica composta por assistentes sociais, psicólogos, além de apoio administrativo, guardas, controladores de acesso 24 horas, ajudantes de serviços gerais, dentre outros.
A secretária de Assistência Social, Ana Paula Miranda, explicou que serão fornecidos kits de higiene, alimentação, banho e pernoite aos acolhidos. “Eles poderão permanecer utilizando os serviços por até seis meses, até que possam ser reinseridos na sociedade ou, quando possível, no núcleo familiar, garantindo assim a sua dignidade e inclusão social”.
Ela disse que “o projeto foi idealizado com muito carinho pelo prefeito Dr. Isael e pela equipe da Secretaria de Assistência Social em 2018 e firmado um compromisso, que está se efetivando hoje. É um equipamento de proteção social especial de alta complexidade, que visa garantir os direitos, o acolhimento e a humanização ao atendimento às pessoas em situação de rua”.
O prefeito, Dr. Isael Domingues, afirmou que o equipamento vem para oferecer acolhimento e dar dignidade às pessoas em situação de rua. “Queremos acolher essas pessoas com humanização no atendimento, ofertando alimentação, banho, cama para dormir com tranquilidade e com segurança. Além disso, vamos oferecer amparo psicológico e atendimento social para reinserção da pessoa no convívio familiar e social, buscando meios para resgatarmos a qualidade de vida de todos. É mais uma importante conquista para Pindamonhangaba”, completou o prefeito.

 

Espaço Pet
Um dos diferenciais do Albergue Municipal é o espaço PET, para acolher animais de estimação daqueles moradores que possuem cães principalmente – espaço que também já existe no Centro de Acolhimento a Moradores em Situação de Rua.
A iniciativa é uma parceria com o Fundo Social de Solidariedade, por meio do Projeto Reinvente, que produz as casinhas para os animais.
No local ainda haverá fornecimento de ração e atenção aos animais. “Pensamos nisso porque muitos possuem cachorros e precisamos acolher as pessoas e seus animais. Isso já demonstra um pouco do diferencial e do carinho que será este serviço fundamental na cidade”, finalizou Ana Paula.

Assistência debate prevenção e combate à violência contra idosos

Assistência debate prevenção e combate à violência contra idosos

A Secretaria de Assistência Social, por meio do departamento de Proteção Social Básica, está realizando, no mês de junho, nas unidades dos CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), rodas de conversa sobre violência contra os idosos.
O tema foi definido como prioritário porque o mês de junho é dedicado ao Combate à Violência à Pessoa Idosa. O dia 15 de junho, por exemplo, marcou o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra à Pessoa Idosa. A data foi instituída em 2006, pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de prevenção à Violência à Pessoa Idosa.
As rodas que debatem a violência contra a pessoa idosa são ministradas pela assistente social especialista em gerontologia, Lilian Zanca, que discute o tema e orienta sobre formas de prevenção e de amparo ao idoso e seus familiares.
De acordo com ela, “para garantir o envelhecimento da população de forma saudável e tranquila com dignidade, sem temor, opressão ou tristeza, é preciso trabalhar intensamente na prevenção da violência”.
O envelhecimento populacional é um fenômeno mundial. Só no Brasil existem quase 20 milhões de pessoas idosas, o que representa 11% da população, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), pelo censo 2010.
As projeções apontam também que em 40 anos o percentual de pessoas idosas deve triplicar no Brasil, aproximando-se de 29,7% da população. Segundo tais projeções, em 2050 haverá duas vezes mais idosos do que crianças na sociedade brasileira.

Pinda prorroga vacinação de gripe e sarampo; confira locais de vacinação

Pinda prorroga vacinação de gripe e sarampo; confira locais de vacinação

A Secretaria de Saúde de Pindamonhangaba seguirá o cronograma do Governo do Estado e prorrogará a vacinação contra gripe e sarampo até dia 24 de junho.
Até 17 de junho (sexta-feira), a vacinação contra gripe será aplicada em professores, gestantes, puérperas, pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores de estabelecimentos de saúde, crianças de seis meses a menores de cinco anos e pessoas com deficiência, comorbidades, caminhoneiros, trabalhadores portuários, Trabalhadores de transporte coletivo (rodoviários, passageiros, urbanos, e de longo curso), forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema prisional; a imunização contra sarampo será para trabalhadores de estabelecimentos de saúde e crianças de seis meses a menores de cinco anos.
As pessoas devem levar documento de identificação e carteira de vacinação. Quem trabalha em estabelecimentos de saúde e de educação também deve levar documentos que comprovem o vínculo de emprego.

Confira locais, horários e públicos de cada vacina durante a semana

Gripe e sarampo para todos os públicos contemplados pelo Governo do Estado
Locais: PSF Jardim Regina, PSF Feital, PSF Eloyna, PSF Triângulo, PSF Santa Cecilia, UBS Azeredo, PSF Vale das Acácias, UBS Ipê II, UBS Vila São Benedito, PSF Arco Iris, PSF Araretama III, UBS Bem Viver, UBS Vila Rica, PSF Cruz Grande, PSF Bonsucesso e PSF Bela Vista.

Das 8 às 11 horas e das 13 às 16 horas

Gripe e sarampo
Local: sala de vacina central (CIAF/Saúde da Mulher)
Crianças de 6 meses a menores de 5 anos:
Segunda a sexta-feira, das 8 às 11 horas e das 13 às 15 horas

Gripe e sarampo
UBS Crispim
Segunda a sexta-feira, das 8 às 10 horas e das 13 às 16 horas
Para crianças de seis meses a menores de cinco anos

Gripe e sarampo
PSF Cidade Jardim
Segunda a sexta-feira, das 8 às 11 e 13 às 16 horas:
Para todos os grupos contemplados nas campanhas de vacinação

Gripe e sarampo
PSF Goiabal
Toda quarta-feira, das 8h30 às 11 horas e das 13 às 15 horas
Para todos os grupos contemplados nas campanhas de vacinação

Gripe
Estacionamento Shibata Centro
Segunda a sexta-feira, das 8 às 11 horas e das 13 às 16 horas
Para toda população a partir de 12 anos contemplados na campanha de vacinação contra gripe.

Go to top